Consumindo com o coração!

Economia Solidária é um movimento que busca contrapor os princípios de produção, comercialização e distribuição de riquezas inerentes ao sistema capitalista.

Busca novas relações sociais, econômicas e ambientais contrárias à alienação em relação ao processo do trabalho como um todo, às desigualdades sociais, aos desequilíbrios ecológicos.

É um sistema que envolve princípios de autogestão, cooperação e disciplina.

Não é nossa realidade, hoje.

Mas tudo isso pode começar a partir de você, através do consumo!

Quando se consome um produto convencional (geralmente industrializado), que segue o modelo de produção capitalista, você:

1. Causa problemas para você mesmo, de saúde e qualidade de vida.
2. Causa problemas para as outras pessoas.
3. Causa problemas para o meio ambiente.

Consumindo, por exemplo, um refrigerante, o capital está sendo concentrado nas mãos de um grande produtor.

O pequeno produtor, de frutas e sucos por exemplo, não tem como competir com um grande produtor de refrigerantes, visto que este último tem uma produção em grande escala, conseguindo reduzir custos.

O pequeno produtor tende então a buscar a realização através de outras alternativas, como saindo do campo e indo pra cidade.

Na cidade, este pequeno produtor familiar não tem capacitação para desenvolver atividades urbanas, visto que geralmente passou a sua vida todo no campo e tem aptidões para desenvolver atividades no ambiente rural.

Começam a surgir problemas sociais, como aumento de periferias, seus filhos sem oportunidades de estudar acabam seguindo o caminho da marginalidade, o que proporciona o aumento da violência, entre outras consequências.

Quando se consome um produto desenvolvido em uma cadeia de produção que valoriza o comércio justo, a distribuição da renda de forma justa e que se preocupa com a saúde e qualidade de vida da natureza (onde esta envolvido as plantas, os animais, inclusive o ser humano) os benefícios são muitos.

Seguindo o raciocínio do exemplo, o exôdo rural não acontece, visto que o produtor familiar consegue se manter na sua área, onde gosta de viver e consegue desenvolver atividades que proporcionam sua sustentabilidade.

O capital é distribuído. Todos crescem juntos.

É fato que, o processo não é imediato. Mas já esta acontecendo.

E tudo depende de nós!

O consumo não vai desaparecer, o comércio também não.

Não é ser radical, mas podemos com uma pequena ação, uma pequena mudança, transformar o mundo.

Contamos com você!

Além de saber que estamos bem, melhor ainda é saber que se está fazendo o bem, para as outras pessoas!!

Texto: Daniel Bendelak – Gestor da Economia e Finanças – Instituto Refazenda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: